Notícias

18.05.2017 | Animais em Condomínio - Dicas Importantes

Animais devem estar vacinados e não podem atrapalhar vizinhos...

 

Conviver com animais de estimação para muitas pessoas é algo comum, entretanto, para outras é sinônimo de problema. Em diversos condomínios, a falta de cuidado com os animais e a perturbação do sossego dos vizinhos é tema de discussão e queixas aos síndicos.

 

Em grande parte dos condomínios a presença de animais de estimação, de pequeno porte, é permitida, desde que o proprietário respeite algumas exigências impostas pela administradora. Algumas medidas simples devem ser observadas, o animal não pode circular livremente pelo condomínio, o proprietário deve carregá-lo a partir do hall de entrada até que o animal possa ser colocado no chão.

 

O dono tem obrigação de manter a carteira de vacinas do animal atualizada e de providenciar um lugar adequado para o animal ficar, caso precise se ausentar e não tenha ninguém na residência para cuidar.Ter animais de estimação em condomínio exige muita atenção.

 

O comportamento hiperativo dos animais geralmente é causado pelo estresse sofrido em situações em que eles ficam sozinhos ou porque foram mantidos fechados por muito tempo. Apresentar diarreia, roer objetos, comer artigos que não são alimento, são as principais características de um animal estressado. Veterinários recomendam que o animal receba duas refeições diariamente e que ele tenha períodos de passeio.

 

Se for colocada muita comida, o animal provavelmente irá acabar comendo tudo de uma vez e acabará passando fome mais tarde. O ideal é que eles tenham duas refeições durante o dia e que possam ter dois momentos de passeio de cerca de 30 minutos por dia.

 

Outro fator importante no momento de escolher um animal de estimação para morar em apartamento é com a raça a ser escolhida. Existem raças que soltam pelos, outras não, algumas são mais calmas, outras são mais agitadas. O ideal são cães de pequeno porte. Atualmente o chitsu tem liderado a preferência das pessoas.

 

O dono tem obrigação de manter a carteira de vacinas do animal atualizada e de providenciar um lugar adequado para o animal ficar, caso precise se ausentar e não tenha ninguém na residência para cuidar.

 

Os animais podem também ser levados para uma hotelaria ou creche para animais, serviços relativamente novos, mas que estão se tornando a alternativa para muitos donos de animais que precisam se ausentar ou fazer viagens e não tem com que deixar, assim evitando problemas com moradores e tendo que manter o animal fechado dentro de um apartamento.

 

Fonte: SindicoNet

ALTERNATIVA ADM. DE CONDOMÍNIOS LTDA

(65) 3023-8820 | 3023-8821 | 3621-1818